Henri Bergson

“A ideia do futuro, prenhe de uma infinidade de possíveis, é pois mais fecunda do que o próprio futuro, e é por isso que há mais encanto na esperança do que na posse, no sonho do que na realidade.”

Henri Bergson (Ensaio Sobre os Dados Imediatos da Consciência)